Religiões Afro-Americanas: O processo histórico do Candomblé, Vodu e Umbanda e seus apelos ao Catolicismo

Aqui se propõe uma interpretação e discussão acerca da gênese, desenvolvimento e afirmação do Candomblé da Bahia, do Vodu do Haiti e da Umbanda brasileira na história da América Latina, desde a diversidade de heranças vindas da África no contexto da escravidão negra e a criação de laços entre diferentes etnias africanas. O Candomblé é visto a partir do terreiro da Barroquinha, na complexa proximidade entre orixás e santos católicos. O Vodu haitiano em seus diferentes períodos históricos. Para a compreensão da Umbanda, como religião de sincretismo brasileiro, a atenção se foca em seus processos de embranquecimento, empretecimento, da gênese à complexificação.

Beginner 0(0 Avaliações) 17 Estudante matriculado
Criado por Maria Cecília Domezi Ultima atualização Mon, 31-May-2021 Pt-br
O que vou aprender?

Currículo da disciplina
16 Lições 05:00:36 Horas
Materiais do Seminário
16 Lições 05:00:36 Horas
  • Aula 31/05/2021 00:41:47
  • Religião e identidade cultural negra
  • Haiti. Uma república do povo vodu? Uma análise do lugar do Vodu na sociedade haitiana à luz da Constituição de 1987 e do Decreto de 2003.
  • O Vodu em seu contexto histórico, econômico e social
  • Diáspora Africana
  • Aula 17/05/2021 00:45:40
  • Aula 14/06/2021 00:40:51
  • Aula 19/04/2021 00:41:21
  • Religiões afro-americanas: Candomblé, Vodu, Umbanda (apostila)
  • Religiões afro-americanas. Calendário e Tarefas
  • Aula 03/05/2021 00:41:45
  • O Vodu do Haiti
  • Mensagem de Mãe Neuza de Xangô
  • Aula 22/03/2021 00:42:15
  • Umbanda
  • Aula 08/03/2021 00:46:57
Requisitos
+ Veja mais
Descrição

Fazemos interpretação da trajetória histórica das religiões afro-americanas, especialmente do Candomblé, do Vodu e da Umbanda, abertos ao diálogo inter-cultural e inter-religioso.

Sabemos que o intenso tráfico de pessoas do continente africano para a escravização na América Latina e no Caribe, com toda a sua violência e trágicas consequências, trouxe para cá culturas e cosmovisões diversas, que ficaram desenraizadas e descontextualizadas. 

Queremos entender os processos através dos quais os escravos e seus descendentes atuaram como sujeitos históricos e religiosos, em meio à tragédia do sistema escravista que destruiu laços e desagregou a memória coletiva africana, bem como em meio às mudanças sociais. A reconstrução de laços e a recriação religiosa a partir de "fragmentos", por parte desses sujeitos, nos chama a discernir apelos e desafios ao Catolicismo hoje, no sentido da superação de  preconceitos, intolerância e racismo que atingem de forma violenta essas religiões. 


+ Veja mais
Outras disciplinas relacionadas
Sobre o professor
  • 0 Avaliações
  • 34 Estudantes
  • 2 Disciplinas
+ Veja mais

Cristã católica leiga. Doutora em Ciência da Religião pela PUC-SP. Mestre en Teologia, com concentração em História da Evangelização na América Latina, pela Faculdade Na. Sra. da Assunção, em São Paulo. Mestre em História Social pela PUC-SP. Tem atuado junto das comunidades eclesiais de base. Entre suas publicações estão: Mulheres do Concílio Vaticano II, São Paulo: Paulus, 2016; O Concílio Vaticano II e os Pobres, São Paulo: Paulus, 2014 (ambos da coleção Marco Conciliar);  Deuses em guerra e pacto na América Latina Colonial, São Paulo: Ideias e Letras, 2015; Religiões na História do Brasil, São Paulo: Paulinas, 2015.

Feedback dos alunos
0
Classificação média
  • 0%
  • 0%
  • 0%
  • 0%
  • 0%
Avaliações
R$0
Comprar agora
Incluir:
  • 05:00:36 Horas Vídeos On demand
  • 16 Lições
  • Acesso vitalício completo
  • Acesso no celular e tv